Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
gabrielacampos

Programa Jovem Aprendiz IEL

Dinheiro De 2 Cervejas Por Semana Renderia R$ 100 1 mil Em Ações Da Ambev


Sempre que a Copa do Mundo distrai os brasileiros, a maioria do Congresso Nacional aproveita para aprovar privilégios fiscais (benesses) a fortes empresas, como a das transportadoras. Parece que grande parcela dos parlamentares está desconectada da real crise econômica e orçamentária que a nação atravessa e mais preocupada em conceder benefícios a setores que são capazes de render votos nas eleições de outubro. Até quando a nação vai resistir, ante as pressões das empresas públicas e privadas?


Agora passou da hora de termos este debate, em defesa do interesse coletivo. O Congresso aprova mais e mais gastos. Bem que muita gente não enxergue isso, essa conduta dos parlamentares em final de mandato é reflexo de um presidente fraco e refém de políticos inescrupulosos que o sabotam com a garantia de mantê-lo no poder. Um Por todo Caso de vetar todos esses aumentos de gastos propostos e jogar o problema no colo dos parlamentares.


Todavia a realidade é bem contrário. A atuação legislativa dessa corja majoritária que diz retratar-nos neste momento ultrapassou, há muito, os limites da responsabilidade. Em plena recessão econômica, que afeta todas as famílias brasileiras, possibilitar benefícios a setores empresariais com dinheiro alheio - o nosso! Vamos agir: acessem o website da Câmara e do Senado e verifiquem os deputados e senadores representantes de tua região que avisaram estes projetos de lei e os que votaram a favor de tais descalabros. Repassem as informações a seus círculos de relacionamento, pessoalmente e avenida internet, como este à imprensa recinto e regional.


Vamos começar a atuar contra a reeleição deste bando de irresponsáveis que se fingem de legisladores, à nossa custa. Permanecer somente no lamento é renunciar à nossa cidadania e continuar a permissão, rodovia voto, dessas irresponsabilidades! Estado está com o ano perdido. Que em 2019, com a posse do novo presidente, tenhamos, com a socorro de Deus, condições de sair do buraco. Setenta e seis bilhões dariam para concluir todas as obras paradas no Povo.


Em razão de bem, quantos empregos renderiam? De quanto e quais seriam os retornos pro(s) governo(s)? Salvemos essas obras, que estão sendo jogadas no lixo e em que foi gasto muito dinheiro nosso - até as propinas neste momento foram pagas! Jamais saberemos com certeza quantas pessoas faleceram em filas de hospitais, sem atendimento, ou quantas foram assassinadas por inexistência de segurança. Tudo por causa do desvio de dinheiro público, que deveria ter sido aplicado em saúde e segurança. Desta maneira, por que regalias? O que torna o aprisionado da Lava Jato menos pior que os outros presidiários?



  1. Marizete kleinubing shineider

  2. Esportes de aventura na meio ambiente: descubra quais são os melhores

  3. 18/09/2009 - 18:53:Trinta e nove

  4. Priorize a aquisição de ativos e compre passivos com os rendimentos

  5. Reivindique a URL encurtada da tua página



Segundo publicado na mídia, 32% dos eleitores encontram que o único político preparado para acelerar o desenvolvimento da economia brasileira é o presidiário-mor de Curitiba. Não consigo aprender como estas pessoas veem isto, dado o acontecimento de que este sentenciado afundou a nação em uma tremenda recessão, com milhões de desempregados. Como dizia um comediante das antigas, “a inguinorança é que astravanca o pogressio”. Ao insistirem na libertação do Lula, o PT instiga uma batalha civil. José Eduardo Faria é professor de Filosofia e Hipótese do Correto da USP e da FGV, e não professor de Ciência Política da USP, como publicado ontem (A2).


A população, desalentada, impotente e surpreendida toma entendimento que Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu libertar mais um acusado da Operação Câmbio, desligo, o sexto, confinado preventivamente pelo juiz Marcelo Bretas, da Lava Jato do Rio de Janeiro. O ministro Luiz Fux fala em invalidar eleições, como se fosse dono do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Neste momento o ministro Dias Toffoli, preocupa-se com o emprego do inglês!



Enfim, sobre isto os ministros do STF, melhor é recorrer ao "no news, good news". O presidente do TSE, Luiz Fux, anuncia que eleições podem ser anuladas se fake news forem, detectadas. Realmente compensa Fazer Investimento Em Previdência Privada? , todas as eleições deveriam ser anuladas, visto que os candidatos prometem e asseguram, no entanto nunca exercem o prometido. Entretanto nada disse de eleitos que se apropriam dos impostos em benefício respectivo.


E disso há milhares de dados ocorridos. Grana Gerenciador Financeiro a declaração do ministro do TSE, Luiz Fux, de que fake news poderão revogar as eleições. Especificamente, não gostaria que meu voto democrático tivesse que ser ratificado em um terceiro turno em Cortes que poderiam ser compostas por ministros (alguns) com viés certamente político-partidário. Vide 2.ª Turma do STF.


O que a Justiça necessita recordar a todo o momento, é que na nossa Constituição, todos temos certo à saúde. Autorizar aumentos abusivos é promover cancelamento dos planos de saúde. Sendo assim, todos vão buscar atendimento no SUS, quer dizer, é empurrar todos pro cemitério. O que a Justiça necessita perceber é que falta transparência clara nesses cálculos, e captar também que idosos aposentados não têm reajustes compatíveis. Ou o governo dará subsídios às organizações, ou sentar todos numa mesa e falar com compreensão, governo, Justiça, empresas, ANS, e o público brasileiro sofredor, pagador de impostos! Para representar o público poderia ser o Congresso Nacional, se sobrar tempo pra imaginar no povo!


Don't be the product, buy the product!

Schweinderl